segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Nossa Solidão

Quando chega o verão, já vem o desejo de estar em Solidão. Que lugar mágico! Esta quietude selvagem nos traz a memória os bons tempo passados aqui. Desde que me senti por gente, Solidão está em minha vida. São tantas histórias que passamos juntos neste lugarejo. Quando conheci Alfredo, ele logo se encantou pela nossa praia. Juntou mais um apaixonado pelas nossas aventuras entre areias e mar. Ele se tornou um baita pescador. Quando ele sai a pescar e se afasta uns bons quilometro de nossa casa, muitos o seguem. Ele é conhecido por achar bons lugares para pesca e nunca consegue pescar no mesmo lugar  pois sempre tem um acampado no dia seguinte.  

Estas imagens é para botar ciúme no nosso querido amigo Xico Almeida, estamos te esperando para pescaria. Precisamos de um poeta aqui em Solidão.






Esse é nosso genro Aderaldo, ele fez aniversário agora em janeiro. Mais um que aderiu nossa praia como seu refugio. Um companheiro de Alfredo para pescaria.
Parabéns, Saúde e felicidade; Que tu colhas sempre todo dia ; Paz e alegria na lavoura da amizade.
Que Deus velho te conceda
Com sua benevolência
Muitas, muitas campereadas
Na invernada da existência.

E unidos no mesmo afeto
Te abraçamos neste dia
E para seguir a festança
Repetimos com alegria:

Parabéns, parabéns
Saúde e felicidade
Que tu colhas sempre todo dia
Paz e alegria na lavoura da amizade


Parabéns Gaúcho
 Enquanto Alfredo pesca, eu faço crochê.
Depois da pescaria, fizemos uma fritada de papa terra.



Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz



quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Achado na Solidão


Essa é a época que mais se encontra coisa linda no lixo. Em Solidão também tem achado maravilhosos. Passamos por uma lixeira e quando vi, enlouqueci. Duas belas guardas do que um dia foi uma linda cama. Trouxe para casa. Alfredo refez com novas madeiras e pintei. Está no quarto do galpão, agora terminado, esperando visitas.




Este rosário foi presente da nossa querida presidente da Casa da Amizade, Andréa Gonçalves. Coloquei na guarda da cama como minha avó fazia.





 Esse móvel de palha nós compramos em nossa primeira viagem depois de casado para o litoral. Hoje não tem mais as casas de palha, mas era minha paixão passear nessas lojas. Ele se mudou conosco por muitas vezes, coloquei no lixo depois me arrependi e corri para pegar. Agora taqui adornando mais uma vez nossa casa.


Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Antes do banheiro tem....



Quem morou numa casa com um único banheiro sabe a falta que faz uma pia para lavar as mãos. Assim Alfredo bolou esse espaço, pois nosso galpão só tem um banheiro. Depois de tudo pronto ele senta e fica admirando sua obra. O balcão foi feito com as madeiras que um vizinho colocou fora. E a bacia era um vaso de minha mãe. O lixo de uns são ouro para outros.
















Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Pintando o galpão


Voltamos ao nosso galpão. Mais uma etapa finalizada. Essa parte foi a mais temida. Pois queria usar verniz e tenho alergia ao cheiro. Alfredo meu deu um belo presente. Uma pistola pulverizadora elétrica. Assisti muitos comerciais deste equipamento mas não acreditava que ia ser bom. Fazia  mais de um ano que a tinha e ainda não tinha usado, estava com medo do pós pintura. Um dia me arrisquei e estou apaixonada pela minha maquininha. É uma maravilha, rápida em pouco tempo se pinta uma casa. 






Ao usar esta pistola tem que usar os equipamentos adequados do pintor profissional. Fiquei com o cabelo envernizado e por dias tentei tirar a tinta do nariz, mesmo usando mascara  a tinta penetrou  em todos os poros. 



Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz





sexta-feira, 8 de janeiro de 2016


Quando o estresse da vida roubar suas energias. Não pensa! Faça melhor! Dirija-se ao jardim e contemple a natureza. O verde revigora!  Coisas bonitas  operam milagres.



Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz!                                                                                                   Mario Quintana




Até a próxima se Deus quiser...

 Anajá Schmitz



segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Felice Natale


Olá queridos amigos! Espero que todos estejam bem e tenham passado um ótimo natal. Aqui estamos nos recuperando da festa de casamento de nossa filha. O tempo nos judiou até o ultimo momento. Chovia e parava, depois do sim da noiva abriu um sol e a noite foi espetacular. Em breve mostro as fotografias. Aqui em casa todos os natais, passamos somente a minha família e a família de minha irmã. Somos poucos mais animados. Cortamos o barato do Alfredo, não deixamos ele fazer churrasco. Fizemos um lombo assado no forno. Segue receita...











Faço esta receita, somente no ano novo. É muito bom e não dá trabalho. Pegue um lombo de porco, tempere com sal, alho, orégano e limão. Coloque em uma forma para assar e por cima coloque alho picado, cebola em rodelas e um punhado de tempero verde. Cubra os temperos com manteiga. Leve ao forno para assar coberto com papel alumínio. Depois de 01 hora retire o papel alumínio, raspe os temperos de cima do lombo para o fundo da forma e vá colocando água para não queimar. Depois de assado, retire o lombo e coloque num refratário. Adicione uma xícara de água e 01 colher de farinha de trigo junto aos temperos que sobrar na forma. Mexendo até engrossar e por fim colocar uma lata de creme de leite. Coloque esse molho por cima do lombo e sirva com um arroz branco.







Quero desejar a todos um Feliz 2016.



Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz