sábado, 22 de setembro de 2012

HOUSE HUNTER INTERNATIONAL IV


Hoje segue somente lindas imagens, continuo na luta de cortar grama e podar as árvores. Esse é um dos trabalhos que mais me dá prazer. Depois de pronto sentar e observar as maravilhas feitas é a melhor coisa do mundo. Fiquem com Deus!















http://dearlittleredhouse.blogspot.com.br/2012/07/mosaic-monday-bunny-williams-pool-house.html#comment-form





Tenha um ótimo dia.

 Anajá Schmitz


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Apreciando as coisas boas da vida na Sexta

Olá! Espero que todos estejam bem e felizes, pois mais um fim de semana se aproxima. Quero agradecer a agradável companhia e os comentários carinhosos. Estou muito feliz com suas visitas. Nesta sexta, depois do feriado do dia 20 de setembro, amanheceu um dia espetacular. Está frio e seco,  parou a chuva e os ventos fortes. Que maravilha! Vou tirar esses dias para cuidar do jardim. Também vou guardar um tempo especial para visitar os amigos em busca de inspiração. Me desculpe por não responder alguns comentários, como moro no campo a internet aqui além de lenta funciona quando quer. Fiquem com Deus! Sempre nos finais de semana, gosto de preparar gostosuras para a família, segue esta receita espero que goste. Segundo minha irmã é bom para baixar o colesterol, mas acredito que desta forma da receita vai ser muito difícil. hahahaha
  

Berinjela à parmegiana



Ingredientes:
2 colheres (sopa) de queijo ralado
1 colher (sopa) de salsa picada
3 berinjelas cortadas no sentido do comprimento
Farinha de trigo (o suficiente para passar as fatias)
1 litro de molho pronto de sua preferência
600 gramas de mussarela fatiada
2 ovos batidos
Sal a gosto
Óleo para fritar

Modo de preparo:
Aquecer o óleo e colocar as fatias de berinjela passadas na farinha de trigo, nos ovos batidos com o queijo ralado, a salsa e o sal. Fritar as fatias dos dois lados rapidamente e escorrer em papel absorvente. Montar a berinjela em refratário retangular, alternando o molho, berinjela e a mussarela ralada.


Depois de preparar uma gostosa receita vamos apreciar essa linda casa do blog da amiga Decor provence.









Tenha um ótimo dia.
 Anajá Schmitz


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

A lenda do negrinho do pastoreio

Estamos na semana Farroupilha, nesta época, tentamos reviver os costume do homem do campo. Para comemorar este 20 de setembro, segue a lenda muito conhecida aqui no sul. Eu só uma daquelas que quando perco algo peço ao negrinho do pastoreiro para me ajudar achar e depois acendo um toco de vela, bah estou em divida com ele há muitos anos. 

 






Negrinho do pastoreio é uma lenda do folclore popular brasileiro que conta a história de um garoto escravo que passa por maus tratos e morre em um formigueiro.



Segundo a lenda, há muito tempo, no Rio Grande do Sul, havia um fazendeiro muito rico, que tinha muita maldade no coração. O negrinho do pastoreio era escravo desse fazendeiro. O fazendeiro dava muito trabalho para o Negrinho que era mal alimentado. O garoto dizia que sua madrinha, Nossa Senhora, aparecia para ajudá-lo.



Um dia o patrão apostou uma corrida a cavalo com um vizinho que dizia possuir um cavalo mais rápido. Mandaram o negrinho treinar e montar o famoso baio.


Depois das apostas feitas, iniciou-se a corrida. Os cavalos permaneceram juntos em grande parte do percurso. Negrinho sabia o que seria surrado se não vencesse.

Aos poucos tomou a frente e quase não havia dúvida da vitória. Mas algo assustou o cavalo, que empinou e quase derrubou Negrinho. Foi o suficiente para que o adversário ultrapassasse e ganhasse a corrida. O fazendeiro, furioso, teve de cobrir as apostas.

Ao retornarem à fazenda, o Negrinho teve pressa para guardar o cavalo, mas o fazendeiro disse que teria um castigo: o negrinho ficaria trinta dias e trinta noites com o cavalo perdedor no pasto e cuidaria de outros 30 cavalos. Não bastando isso, o fazendeiro lhe deu trinta chibatadas.

Dias depois, Negrinho resolveu rezar para a Nossa Senhora e adormeceu.

Os cavalos soltaram-se. Negrinho acordou assustado, e quando percebeu a fuga dos cavalos, sentou-se e chorou.

O filho do fazendeiro estava perto, e vendo tudo, por maldade foi contar ao pai a respeito da fuga. O fazendeiro mandou outros escravos buscarem o garoto.

O menino até tentou explicar para o fazendeiro, mas de nada adiantou.

Ele foi amarrado no tronco e açoitado pelo patrão. Após a surra o fazendeiro mandou-o procurar os cavalos.

Negrinho achou os cavalos e amarrou-os, e deitou-se no chão para descansar. O filho do fazendeiro, vendo isso, fez uma nova maldade: soltou os cavalos e depois, correu novamente até o pai e contou que o Negrinho tinha achado os cavalos, mas deixou-os fugir.

O patrão o amarrou pelos pulsos e bateu nele mais que nunca. Negrinho rezou para Nossa Senhora e desmaiou de dor. Achando que o havia matado, o senhor não soube o que fazer com o corpo e avistando um enorme formigueiro, jogou-o lá.

No outro dia o fazendeiro, curioso para ver o corpo do menino, foi até o formigueiro. Viu-o em pé, sorrindo ao lado de Nossa Senhora. Em volta dele estavam os cavalos perdidos. O garoto montou um deles e partiu com trinta cavalos atrás.

Ate hoje em alguns lugares do país, quando as pessoas perdem algo acendem uma vela para o Negrinho do pastoreio, acreditando que o garoto vai ajudar a achar o objeto perdido.


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Curtindo o feriado da Independência.....



Um de meus passeio preferidos é de ir para nosso refugio em Solidão. Passamos lá o feriado da Independência, estava frio e ventoso, mas não deixamos de tomar nosso chimarrão na beira mar e nem de tentar pescar alguma peixinho para a janta.
Fazia tempo que não íamos. As plantas estavam lindas, como cresceram!
Uma casa sempre tem muitas coisas para fazer e já estou com uma lista enorme para as futuras reformas. A principal delas é colocar forro na casa, no inverno o frio se intensifica e no verão não dá para aguentar o calor.







Apesar de ser um lugar agreste, tem ônibus diário para levar os estudante para escola. O Brasil está evoluindo apostando na educação, principalmente aqui no sul pois antigamente não existia escolar, os alunos se deslocavam a pé  ou a cavalo.  Eles percorrem  todos os dias uma distancia de 22km para chegar à escola.






Esse por do Sol estava belíssimo, ficamos apreciando até escurecer totalmente. O farol imponente em sua vigilância constante.




Tenham uma ótima quarta...

 Anajá Schmitz

terça-feira, 18 de setembro de 2012

A casa de Capricórnio


Continuando com a série a casa do signo, hoje temos mais um, esse é o signo  de meu genro, uma pessoa quieta e introspectiva, só poderia ter esse cômodo como  seu predileto.
O cômodo associado a Capricórnio é o escritório ou um canto onde ele possa ficas a sós, lidando com assuntos de trabalho ou se atualizando. Para deixar o lugar em sintonia com seu signo o ideal é ter uma mesa de trabalho grande de madeira escura. A decoração pode contar com peças antigas e também com materiais como prata e couro.

Bons Fluidos- Dezembro/2008 pgs 83










Tenha um ótimo dia.
Anajá Schmitz


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Um segunda ensolarada....


Iniciamos a semana com um dia lindo de sol, e pensar que tivemos um fim d e semana chuvosos. Cada dia temos uma surpresa ou é frio  ou está um calor fora de época.   Para  tirar o cheiro de casa fechada após a chuva do fim de semana segue algumas dicas que tenho feito  em casa, espero que gostem.
Atualmente está em moda esses tipo de móveis, principalmente para o banheiro e temos que ter um cuidado diário na manutenção.
Para quem habitualmente limpa a sua casa, sabe como é difícil mantê-la limpa e cuidada. Uma das dificuldades, poderá estar na limpeza e manutenção dos seus móveis. 



Como encerar um móvel para o proteger e dar brilho:

Para retirar as camadas antigas de cera, use palha de aço (número zero ou número 1), juntamente com aguarrás. Pode, como alternativa, usar um produto decapante para ceras. Raspe no sentido dos veios da madeira, mudando com alguma frequência o esfregão e limpando os resíduos de cera com um pano.
Quando a madeira do móvel estiver visível, tire a gordura e limpe a superfície com um pano embebido em amónia ou amoníaco. Poderá tapar pequenos buracos ou fissuras com massa de enchimento ou então betume, da mesma cor. É conveniente colocar um pouco mais do que necessário nas ditas fissuras para depois poder passar com uma lixa de grão fino (200-400).
Para aplicar a cera, use palha de aço fina (número 00-000), fazendo movimentos circulares e fazendo pouca pressão sobre o móvel. Se a madeira for muito porosa é conveniente que sejam aplicadas várias camadas. Continue a encerar até que seja visível uma película de cera. Por fim deixe secar e puxe o brilho do móvel com a ajuda de um pano macio.

Como polir um móvel para lhe dar um brilho intenso ou reavivar cores perdidas:
Para um perfeito polimento, terá que usar vários produtos à base de álcool ou goma-laca. Apesar destes produtos apresentarem um grande brilho, têm a desvantagem de não resistir convenientemente à humidade e ao calor. No centro de um tecido branco, coloque um algodão para polimento. Coloque produto de polir no algodão e embrulhe-o no pano. Depois pressione o pano contra a madeira para sair o produto em excesso. No outro lado do pano, deite algumas gotas de óleo de linhaça e esfregue a superfície de madeira com movimentos em forma de 8. Se vir que o produto de polir está a subir no pano, aumente a pressão, juntando mais liquido caso seja necessário.
Deixe secar, cerca de seis horas e forme um novo conjunto com uma camada dupla de tecido. Agora coloque-lhe álcool e esfregue com suavidade no sentido dos veios da madeira.

Como tirar riscos da madeira:
Os riscos na madeira podem ser eliminados usando uma lixa húmida ou seca, dando de seguida um pouco de cera para polir, com um pano macio, para recuperar o brilho inicial.
Para riscos profundos, pode usar várias camadas de verniz transparente até preencher a zona danificada. Poderá ser necessário tratar toda a superfície caso exista uma grande quantidade de riscos ou a se a sua profundidade for grande.


Como apagar os vestígios de madeira queimada:
Primeiro raspe os vestígios de queimadura com uma lâmina de barbear. Depois passe uma lixa de grão muito fino, terminando com uma camada de acabamento (verniz, cera, goma-laca).


Como resolver o problema de uma mesa ou cadeira oscilante:
Uma das soluções é medir a distância entre o pé que está mais curto e cortar essa medida nos restantes pés. Outra solução é cortar um pequeno pedaço de madeira com as dimensões correctas e fixá-lo à extremidade do pé, com cola de madeira e um parafuso para madeira de cabeça chata, embutido na madeira, para não riscar o chão.



Como resolver o problema dos encaixes soltos:

Se algum dos encaixes de uma mesa ou de uma cadeira estiverem soltos, separe os dois elementos. Depois espalhe cola de madeira nas duas uniões (não necessita de remover a cola antiga). Encaixe novamente os dois elementos e fixe-os com um grampo. Retirar a cola em excesso com um pano humedecido em água. Pode ainda reforçar essa união com parafusos, caso esta não seja visível.


Como aplicar óleo num móvel para o limpar convenientemente:
O óleo de cedro ou o óleo de linhaça são os mais indicados para uma limpeza adequada dos seus móveis. A sua aplicação é bastante simples:
Após colocar um pouco de óleo de cedro ou de linhaça no móvel, passe um pano suave e sem pêlos sobre o móvel, no sentido dos veios da madeira. Deixe secar 24 horas e por fim passe novamente com um pano.



Como tapar cortes na madeira:

Os cortes com maior profundidade tapam-se com produtos de enchimento. Os cortes menos profundos ou almogadelas podem ser tratados eliminando a camada protectora e tratando o local com água e calor (ferro de engomar, bola de tecido e algodão com água a ferver). Deixe secar a madeira inchada. Passe lixa e aplique um tratamento à sua superfície (verniz, cera, goma-laca). Por fim, puxe o brilho.


Como remover fungos e vermes de um mobiliário:

Mergulhe cada pé do móvel num recipiente com insecticida. Por capilaridade, o produto vai espalhar-se por todo o móvel. Se necessário, pode acrescentar mais produto. Para um tratamento mais eficaz pode envolver todo o móvel com uma cobertura de plástico. Pode ainda optar por outro tipo de tratamento, mais rápido, que consiste em espalhar o produto insecticida e fungicida com uma escova. As superfícies mais pequenas podem ser vaporizadas com ajuda de um pequeno tubo fixado num aerossol, directamente nos buracos, ou através de uma seringa.

http://www.woodlandcreekfurniture.com/publishsite/index.cfm?pagename=mainpage_template&client_id=woodlandcreek&tablename=news&link_id=13534552&linkname=Bathroom
http://www.dicascaseiras.com/2009/09/26/tratar-reparar-cuidar-polir-moveis-madeiras/
http://www.magazineluiza.com.br/PortaldaLu/verConteudo.asp?id=10590



Tenham uma ótima semana...

 Anajá Schmitz

domingo, 16 de setembro de 2012

Poema Azul



O mar beijando a areia
O céu e a lua cheia
Que cai no mar
Que abraça a areia
Que mostra o céu
E a lua cheia
Que prateia os cabelos do meu bem
Que olha o mar beijando a areia
E uma estrelinha solta no céu
Que cai no mar
Que abraça a areia
Que mostra o céu e a lua cheia
um beijo meu





    http://casadecorada45.blogspot.com.br/2012/04/post-0151.html

Tenham um ótimo e feliz domingo...

 Anajá Schmitz