segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Alambrador...


Buenas! Esse é Seu Chico. Nosso alambrador. Nascido na fronteira do Brasil com o Uruguai, essa pessoa incrível e de uma educação invejável. Além de alambrador ele foi um grande ginete. Seu jeito de falar encanta a todos. " Bombeia seu Edis...."  Mas ele queria dizer: "dê uma olhada seu Edson..." Esse é o simpático jeito fronteiriço de falar. 


ALAMBRADORGetúlio Abreu Mossellin

Quando vejo um alambrado
Feito à pá e socador
Me lembro do alambrador
O índio do braço forte
Cercados de sul a norte.
Das quadras de sesmaria,
A cerca que tu fazia,
Permanecem firme e forte.

Acampados pelos campos
Na sua carreta toldada.
Sempre perto de uma aguada,
Por ali permaneciam
Passando dias e dias
Pegando chuva e mormaço
E dormindo longe dos braços
Da china que mais queria.

Levanta de madrugada,
Pra tomar o chimarrão,
Bota cozinhar feijão,
Faz café com revirado,
Pra ficar mais reforçado
Come junto, uma bolacha,
Pra aguentar o sol que racha,
Na beira do alambrado. 





 Uma profissão muito antiga, no campo, é a de alambrador, o profissional que constrói as cercas de arame. Você vai conhecer agora a história do seu Tonico, que aprendeu a profissão com o pai dele.
Por:
Jornalista Camila Faraco
Cinegrafista Sérgio Silva
Alegrete - RS

Assista: http://www.youtube.com/watch?v=-_vCNXKF0fU



Neste vídeo mostra a campanha de Santana do Livramento, terra do Seu Chico.


Até a próxima se Deus quiser...
 Anajá Schmitz

30 comentários:

  1. Olha linda essa postagem, adorei a foto e o vídeo então muito bacana cada dia está mais difícil de ver cenas assim..:)

    Bjs e uma ótima semana;

    ResponderExcluir
  2. Me da uma saudade da minha infância
    lembra de meu pai.

    bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece una estampa del pasado. Qué bueno conservar algunas tradiciones.

    ResponderExcluir
  4. Adorei aprender um pouco da história do teu país.

    São profissões em extinção!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. Belíssimo post, Anajá. Parabéns por compartilhar conosco a cultura gaúcha! E também por mostrar pessoas imposrtnates nos trabalhos do campo.
    Beijos, querida. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  6. Desculpe-me pelo erro de digitação. Eu quis escrever 'importantes', tá? Nas pressas saiu um monte de letras misturadas..rs...
    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. que post fofo! mto legal...

    blogdabiane.com.br

    ResponderExcluir
  8. Bacana, menina! Fazer e cuidar dessas cercas no campo demanda tempo, força e muito suor... adorei o post!

    Beijokas e excelente semana!

    Luiza Mallmann
    decorarsustentavel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Precioso post, parece un hombre muy interesante.
    .
    Besos

    Raquel
    .

    ResponderExcluir
  10. amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! obrigadaaaaaaaaaaaaaa!
    que coisa mais linda que chegou ontem por aqui EDU , ficou muito feliz, e todos nós muito emocionados com uma linda carta...OBRIGADAAAAAAAAAAA.
    com muita emoção agradeço a vocês.
    beijocas,fique em paz.
    lambrador...LINDA PROFISSÃO.
    PARABENS,breve verei isso de perto...amiga por favor,volto a repetir nada de coisas diferentes, somos iguais,e o que nos espera já esta no coração de cada uma de voces,obrigada...olha marido falou se ai tem guaraná natural, senão vamos levar para voces experimentar...olha se tem mais alguma coisa que deseja daqui do RIO só mandar a lista...
    beijocas,fique em paz.
    DEUS ABENÇOE A GRANDE FAMILIA.

    ResponderExcluir
  11. Linda profissão, quase não se vê mais,seu Chico me fez lembrar meu padrinho Julio muito parecido. bJÔ

    ResponderExcluir
  12. Que fofo Anajá, eu valorizo muito as pessoas do campo. Aqui em minha cidade muitas mulheres trabalham na colheita da batata, são pessoas batalhadoras e merecem todo nosso reconhecimento.
    bjos e fique com Deus,
    Marlene

    ResponderExcluir
  13. Anajá,
    Fez-me lembrar a personagem de Vargas Llosa - O falador.
    Conhece?

    ResponderExcluir
  14. Bom dia anajá!
    Que imagens lindas!
    Com a tecnologia muitas profissões estão sumindo, infelizmente, talvez por isto nós artesãos a cada dia estamos ficando mais valorizados.
    Essa trabalho do alambrador não conhecia.

    Tenha um dia luz!

    Bjosssss

    ResponderExcluir
  15. Bom dia querida!
    Que bela postagem!

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  16. Bom dia.
    Que pessoa simpática o Seu Chico,simples e batalhador.
    Linda mensagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  18. Abençoado seja Sr. Chico e sua bela profissão...
    Se vê se fala tão pouca dessa linda gente que a sociedade até esquece que elas existem não é amiga?
    Parabéns querida!!
    Um abraço linda flor.
    MELISSA...

    ResponderExcluir
  19. Olá Anajá, nem sabia o que era um alambrador, imagine.
    Obrigado a si e sr. Chico.

    ALAMBRADOR
    GRUPO CANDIEIRO

    "Mandei fazer um alambrado bem ligeiro
    Com um caboclo destorcido, meu amigo
    Disse pra ele, tenho pressa companheiro
    Quero no sistema antigo numa semana fica pronto, eu já lhe digo
    (Ruque ruque tá furado, suque suque tá socado
    E gingue gingue tá estirado
    Oiga serviço bonito, já tá pronto patrãozito
    Vou lhe entregar o alambrado)
    Doze ou quinze paus de nobre numa quadra
    Quatro tramas de angico em cada vão
    Arame ,liso e farpado a meia fio
    Nas estampas de um moirão numa semana fica pronto um quarteirão
    Um palanque de sapata numa laje
    Se cruzar um terreno brabo não faz mal
    Um pauzito bem cravado a macete
    Quando crusa o manancial numa semana e já termina o material".

    Abraço.

    ResponderExcluir
  20. Hola Anaja qué preciosa foto al alambrador, parece un gaucho de las pampas. Bonito homenaje también con el poema de Getúlio Abreu Mossellin.
    Que pases una hermosa semana de septiembre.
    Desde Venecia
    Chusa

    ResponderExcluir
  21. Hola Anaja qué preciosa foto al alambrador, parece un gaucho de las pampas. Bonito homenaje también con el poema de Getúlio Abreu Mossellin.
    Que pases una hermosa semana de septiembre.
    Desde Venecia
    Chusa

    ResponderExcluir
  22. Oiii


    nossa que legal... adorei saber um pouco mais sobre isso


    bjinho
    www.enquanto-isso.com

    ResponderExcluir
  23. Simpático esse seu Chico, bela profissão de alambrador!

    boa semana! bjss

    ResponderExcluir
  24. Querida Anajá,
    Que bela postagem!Não sabia o que era alambrador.Amei
    seu carinho em falar do Sr Chico.Um linda e abençoada
    semana.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  25. Delicia de postagem, sempre aprendendo um pouquinho mais dessa deliciosa vida no campo!!
    Beiojos
    http://cozinhandovintage.blogspot.com.br/
    Cozinhando Vintage.

    ResponderExcluir
  26. Acredita, Anajá, que eu desconhecia o termo? Coisas desse nosso Brasil enorme! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  27. Olá amiga Anajá.
    Maravilhoso este artigo sobre a profissão "alambrador" que também eu desconhecia o termo.
    Uma coisa que verifico nas gentes do campo é que muitas vezes juntam as palavras e atalham caminho por entre regras de português para criar palavras locais que não vêm nos dicionários.Claro que o pessoal mais cosmopolita estranha, mas são estes modos e maneiras de dizer que nos distingue dos meios urbanos.
    Eu resido há mais de 20 anos na Grande Lisboa, mas quando vou à minha terra natal adoro ouvir os termos usados pelos mais velhos, que cada vez aprecio mais.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  28. That video and your post is so beautiful. Kisses, lovely.

    ResponderExcluir
  29. Oi Anajá
    Não conhecia essa profissão que bacana! Muito bom vir aprender aqui. Tenho afeição por pessoas do campo, pela naturalidade e sabedoria. Adorei saber da história, lindo o vídeo!

    bjs
    Paty

    ResponderExcluir

Obrigada pela carinhosa visita. Tenha um ótimo dia.