terça-feira, 3 de abril de 2018

Acampamento



Fomos convidados pelo casal de amigos Vick e Vilma para uma aventura. Ir até a fronteira Brasil/Uruguay (Chui/Chuy) e voltar para cidade de Rio Grande pela beira mar, passando por Barra do Chui, Hermenegildo, Cassino e Rio Grande, uma viagem de 218 Km pela beira do mar. Simplesmente deslumbrante!



Essa é a praia da Barra do Chuy, na fronteira entre Brasil e Uruguay. 

A praia é no território brasileiro, mas a língua falada e escrita é o espanhol. E que pão delicioso vendem nesta padaria (PANADERIA).

Aqui começa nossa jornada pela beira do mar. As casas da praia do Hermenegildo foram construídas na beirada da praia. Não é somente o idioma que se distingue, as construções são quase dentro do mar. Tratamento diferenciado em relação ao exigido de distância para construções no litoral norte e no centro do Estado, onde mandam derrubar comércios tradicionais (Bar Onda - Capão da Canoa) por estarem próximos da praia. Dizer o que! O Alfredo não acreditou quando viu. 






Após percorrer 50 km da Praia de Hermenegildo encontramos um local muito bom para acampar. Com uma mata nativa, e abrigado do vento minuano ( sudoeste) que nos acompanhou durante o acampamento. A unica coisa que faltou foi um riacho para o banho.  










Esta fumaça é nosso fogo campeiro, local aonde assávamos nosso churrasco. 

 Nossa cozinha e sala de jantar. E eu como sempre encarangada de frio. 

 Café da manhã com pão e ovo frito

Minha amiga e companheira Vilma Braga.



Essa é nossa pia de lavar a louça. Invenção do Vick.
Neste local a lenha era em abundância. Fazíamos fogo para aquecer a noite fria e espantar os bichos que se aprochegavam a nossa volta. De noite lá pelas onze horas da noite, já dormindo desde as oito horas da noite, escutamos um barulho, Alfredo iluminou com a lanterna e vimos uma mão pelada, curiosa nos visitando. As estrelas e a lua iluminavam nossa noite. Escurecia já era um preludio que estava na hora de dormir. Mal clareava o dia  nos levantávamos. Que coisa estranha não ter luz elétrica e nem a TV para nortear a vida de gente. 










Este é o farol de Albardão em Santa Vitória do Palmar-RS. Todo cercado, não se consegue chegar perto para uma foto melhor.


Acho que atolou!! 4X4 é assim quando atola. Da um trabalho para tirar. Levamos três horas para livrar a caminhonete do Vick. Esse é o famoso tremedal. Ou areia movediça. Se parar afunda. 

Depois de passar trabalho desatolando a camionete do Vick, fizemos outro acampamento.  Este com água corrente. Apesar do frio, nos proporcionou um belo banho. 





Despedida de nosso último local de acampamento. E já com planos para voltar no próximo verão.
.
Parque Eólico em Casino

Chegada a Rio Grande




Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz

25 comentários:

  1. Que horror.....que medo! Não era capaz de acampar assim...e a mão pelada???
    Não conseguiria dormir !
    Valentes!

    O local é maravilhoso como comprovam as tuas magníficas fotos.

    Beijinhos .

    ResponderExcluir
  2. Quando o tempo convida é muito bom o acampamento. Adoro. São sempre momentos maravilhosos, Adorei :))

    Hoje:- Chuvas que influenciam o nosso amor
    Bjos
    Votos de uma boa noite

    ResponderExcluir
  3. Apesar das emoções o passeio é lindo! Gostei de Ver!😘😘

    ResponderExcluir
  4. Vocês são corajosos amiga, bela aventura, lindas fotos!

    Beijos, ótima semana ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Anajá, bn!
    Que aventura maravilhosa essa de vcs. Vcs são mesmo pessoas muito especiais kkk
    Bjs amiga

    ResponderExcluir
  6. Quanta emoção, amei ver as imagens.
    Eu e marido já fizemos muito essas aventuras, hoje já não dá para mim.
    Mas é bom demais, curti muito sua aventura.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Local lindíssimo. Em Portugal essa mata já tinha ardido pois por aqui os criminosos do fogo andam muito activos.
    .
    * Promessas de Amor em Versos Poéticos *
    .
    Deixando Saudações Amigas.

    ResponderExcluir
  8. Anajá, minha linda, que maravilha de passeio!!! Uma aventura e tanto, não é mesmo? Amei a pia do Vick, bem prático mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Lindas fotos e deu para perceber que as férias foram inesquecíveis!
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  10. Olá Anajá, já não passava aqui faz um bom tempo. Que aventura, adorei ler. Eu não sei se conseguiria ser tão radical, mas gostei de ver :-)
    Beijinho. Joana.

    ResponderExcluir
  11. Olá Anajá! Que aventura maravilhosa. Lembro que quando criança e adolescente,acampava muito.É um privilégio amiga e uma riqueza estes programas. Feliz por ti,beijinhos!

    ResponderExcluir
  12. que fotos mas bonitas, lo habras pasado estupendamente

    ResponderExcluir
  13. Anajá,
    E eu viajei com vocês também.Que legal esse acampamento e muito chique com forrinho de mesa e tudo.Só podia ser da Anajá.Obrigada pelo carinho lá no blog.Sim aqui,encontramos muitas antiguidades,tem muitas feirinhas.Qualquer dia mostro.E móveis tem muitos e bons.E as vezes na rua mesmo.Muita gente herda casa e desfaz dos móveis antigos,prá decorar mais atual e alugar.Eu falo para o meu marido,que preciso de uma casa no campo,mas tipo casarão mineiro,prá poder catar tudo e levar prá reformar ;)Portas é mais difícil,mas as vezes em bairros mais antigos e fora do centro histórico,aparecem.
    Besitos e tenha um bom restinho de semana

    ResponderExcluir
  14. Anajá, que aventura!
    Foi preciso coragem, mas valeu a pena . Foi deslumbrante. Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. amiga mas que post tao bonito as fotos elas falam por elas estam 5* lindas parabens bjs tudo de bom e boas ferias

    ResponderExcluir
  16. CONOZCO EL CHUY!!!!
    TENIA UNA CASA UNA AMIGA MIA Y FUIMOS MUCHOS VERANOS.
    LAS PLAYAS PRECIOSAS Y SOLITARIAS!!!!
    ME ENCANTA PASAR A BRASIL DE COMPRAS...PRECIOSO.
    SALUDITOS

    ResponderExcluir
  17. Que passeio delicioso amiga!!! Adorei a paisagem, o acampamento rústico, deve ser muito divertido uma aventura assim !!!! Tenha um ótimo domingo!!! Bjks

    ResponderExcluir
  18. Qué lugares encantadores. Solamente una vez en mi vida me he ido de campamento, así que sería casi una experiencia nueva para mí.

    ResponderExcluir
  19. Fez-me recuar aos tempos de juventude.
    Agora é mais hotel.
    Boa semana

    ResponderExcluir
  20. Querida Anajá
    Felicito-a pela maravilhosa aventura! Eu não sei se seria capaz...
    Obrigada pela deslumbrante reportagem fotográfica de locais por mim desconhecidos.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  21. Oi Anajá,
    Deve ser muito bom acampar numa praia deserta! O lugar é lindo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Que maravilha! Adorei o seu blog!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Que coragem! Mas deve ser muito legal acampar
    e ficar em contato com a natureza.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela carinhosa visita. Tenha um ótimo dia.