sexta-feira, 13 de julho de 2018

Cebola



Quando voltávamos de nosso acampamento esse ano, passamos em São José do Norte /RS para comprar cebola. Tavares e Mostardas são também municípios que também plantam cebola. Meu pai foi um que plantou cebolas a vida toda. Ver esse galpão com o varal cheio de cebola em molhos me fez voltar ao tempo de infância. E que cheiro maravilhoso exala dessa palha seca. Trouxe uma réstia de cebola para enfeitar a casa.

 










Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz


46 comentários:

  1. Ola Anajá!
    Que legal ver as cebolas assim.
    Ficou muito bonito ela decorando a parede.
    Beijos e um ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, da pena de comer.
      Bjos e obrigada pela visita.

      Excluir
  2. Isso é um monte de cebolas.
    Fim de semana de feliz!♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o aroma que elas exalam é maravilhoso, bem diferente quando está no prato como salada.
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  3. qué bonitas se ven las cebollas, luminosas!
    Un abrazo Anajà

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá,
      É, são lindas.
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  4. São tão lindas em cacho! Bom fim de semana,beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olhar esse varal de cebolas me fez sentir mais perto de meu pai.
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  5. Entrancei muitas….
    Bjs e bom fim de semana !
    Anna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, que legal!
      Eu aprendi quando era criança. O Mento passou trabalho me ensinado. hahahah
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  6. Creo que nunca había visto tantas cebollas juntas.
    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazia anos que também não via, hahahah
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  7. Oi Anajá, boa tarde!
    Eu não imagino a minha vida sem cebola, uma comidinha sem cebola não é uma comidinha gostosa, é simplesmente uma comidinha né não?
    Nem ligo p/o cheiro dela kkk
    A réstia de cebola fica linda na decoração.
    Bjsssssss amiga e uma semana abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Fazer uma paçoca de carne e colocar bastante cebola e deixar dar uma queimadinha, bah, fica muito bom.
      Bjos minha mana, obrigada pela visita.

      Excluir
  8. Uma vez ganhei uma "restia" (é esse o nome) de Alho.
    E adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, aqui também chamamos de réstia esse trançado, mas é difícil encontrar de cebola. Só na zona de plantio.
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  9. Hoje é só para dizer que já estou de volta.
    Amanhã já haverá comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenham sido um tempo de felicidade.
      Abraços e obrigada pela visita.

      Excluir
  10. Oi Anajá. Menina do céu, quanta cebola! Vendo esta réstia de cebolas, lembrei de quando era criança. Meu pai ia à feira e sempre comprava réstia de cebolas e de alho. Minha mãe pendurava na cozinha. Achava tão lindo! Atualmente, não compramos assim.
    Linda postagem! Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, hoje em dia as coisas são descartáveis. Ninguém quer perder tempo fazendo essas coisas.
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  11. Nossa quantas....eu gosto de réstia de cebola , enfeita a cozinha.

    Lembra minha infância.
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha réstia já está desfalcada, hahaha
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  12. Uauuuuuuuuuuuuuu...nunca vi tanta cebola junta!

    Em casa dos meus avós havia sempre uma réstia na cozinha.

    Amei as fotos.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que foi a herança que meu pai trouxe daí. hahaha
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  13. OI ANAJÁ!
    ESTA IMAGEM DAS CEBOLAS ME ARREMETE AOS MEUS TEMPOS DE MENINA, QUANDO MORAVA COM MEUS PAIS NO SÍTIO, EM SANTA MARIA.
    LEMBREI-ME DO CHEIRO DA PALHA QUE FALAS EM TEU POST.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, esse cheiro é incomparável. Lembro do rancho na praia que era feito de palha. Que saudade!
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  14. oi Anajá
    Vim agradecer e retribuir sua visita!!
    Coincidentemente eu tb tenho uma história com cebolas apesar de
    não gostar delas, ahaha
    Meu avó materno plantou cebola a vida inteira, perto de Alfredo Wagner, SC.
    O que mais lembro é do paiol, de escutar as conversas do preço da cebola, do sofrimento de
    não saber se venderia agora ou esperava mais um pouco pra ver se o preço subia, poderia cair tb!
    Era sempre um risco...
    mas o que me intrigava era porque meu vó plantava cebola e não outra coisa mais gostosa. Não entendia
    que era uma coisa de região.
    ADorei vir aqui e relembrar este tempo. Linda imagem da cebolada no paiol.

    bjus
    ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Coitados passavam trabalho. Meu pai reclamavam, quando o preço era bom a colheita tinha sido ruim. E quando a cebola dava bem o preço caia. Eles tinham esperança de uma dia as coisas melhorarem, por isso sempre plantavam a mesma coisa. E não tinha incentivo nenhum da parte do governo, né. Até hoje os agricultores são abandonados a sua própria sorte. Muitos vivem miseravelmente.
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  15. Este ano ... a cebola da nossa horta está 5 estrelas!
    Nunca vi tanta cebola junta!!!
    obrigada pela visita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vai dar para fazer uma réstia, hahah
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  16. Ena tanta cebola, gosto bastante de cebolas na salada.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu irmão, quando nós eramos pequeno, na roça, ele comia cebola, assim recém colhida. Pra mim tem que cozinhar. Crua, não gosto.
      Abraços, obrigada pela visita.

      Excluir
  17. Oi amiga, bom dia!
    Te enviei um e-mail...
    Beijão

    ResponderExcluir
  18. Tanta cebola.
    Adoro cebola entrançada.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.com/2018/07/bacalhau-ze-do-pipo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficam lindas, uma pena que duram pouco.
      Bjos, obrigada pela visita.

      Excluir
  19. Boa tarde, colega Anajá!
    Amo cebolas, que lindas réstias!!
    Tenho uma colega bonequeira que mora em São José do Norte, que bacana! :)
    Ei, moça!
    Tem postagem novinha no meu blogue também. Passe lá em "GAM Dolls (2)" e confira!
    Ficarei feliz com tua visitinha e comentário, sempre tão gentis.
    Te espero por lá, ok?
    Abração pra você! :)

    ResponderExcluir
  20. Que legal essas cebolas também me lembraram a minha infância!!! Minha mãe sempre comprava quando eu era criança e pendurava na cozinha!!! Obrigada pela visita no meu blog, mas eu já tenho 40 anos (risos) e meu filho tem 12 !!! Beijinhos e tenha um ótimo final de semana!!! Bjks

    ResponderExcluir
  21. 20 de julho dia da amizade.
    Não poderia deixar de vir aqui neste dia tão especial.
    Agradecer a você por fazer parte dos amigos que seguem o meu blog e que sempre que pode passa lá e deixa uma palavra de carinho, um elogio comentando a postagem um oi que para mim é muito significativo. Que seja escrito no momento da visita ou colado, não importa para mim, o importante é ter sido lembrada por você.
    Amigo é aquele que te toca com ternura através das palavras.
    Aquele que te abraça, mesmo longe.
    Aquele que te apoia nos teus sonhos e aquele que critica os teus erros, não para te desmotivar, mas, porque quer em teus caminhos a luz plena.
    Ser amigo é ser luz, ser amigo é transferir o melhor que há ao próximo.

    FELIZ DIA DA AMIZADE!
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  22. Olá, Anajá!

    Tudo bem?
    Pra mim, as fotos são invulgares, mas com mto significado pra ti.
    Meus pais, minha família nunca cultivou cebola, nem nunca eu vi réstias penduradas nas paredes, contudo as k mostras aqui são vistosas e acabei agora de saber, k exalam um odor agradável. Desconhecia, completamente.

    beijos e bom domingo.

    ResponderExcluir
  23. Lá fui ajudando o meu avô na confecção destas réstias de cebolas... bons tempos aqueles!
    Como recordar é viver, agradecido quedo.
    Muito bonito e com excelentes fotografias, por elucidativas.
    Abraços de vida, querida amiga.


    ´ºA>Z

    ResponderExcluir
  24. A minha avo ela tambem fazia assim as cebolas eu adorava ajudar a fazer a trança nao tinha muito jeito mas bom ela dia que esta bem ai que saudades bjs

    ResponderExcluir
  25. que bueno, cuantas cebollas juntas, un post muy interesante

    ResponderExcluir
  26. Fez-me lembrar também os meus tempos de criança.
    Adorava ver o meu avo a fazer as réstias de cebolas.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir

Obrigada pela carinhosa visita. Tenha um ótimo dia.