segunda-feira, 17 de junho de 2019

Comida comida comida...

Dizem que a única coisa que levamos dessa vida é o que comemos e que vemos. Por enquanto estou só na comida. hahha

Quando sobrar salada de maionese, não jogue fora. Faça um pão. Minha amiga Magda que me deu a dica. Fiz e ficou saborosíssimo.
Coloque na maquina de fazer pão a salada de maionese amassada com um garfo. 01 colher de chá de sal; 02 colheres de sopa de açúcar; 01 pacote de fermento químico; 1/3 de óleo; 02 xícaras de farinha de trigo; 1/3 de água. Coloque a bater, fica igual a um pão batido. Coloque numa forma untadas e deixe crescer por uns 20 minutos. Coloque a assar até dourar.





Até a próxima se deus quiser...
 Anajá Schmitz

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Faxinando e inventando moda!!!







As vezes me bate a Maria louca e saio arrumando e limpando tudo. Depois me sento admirar arrumação. Alfredo é meu modelo. haha Há!!! E meu inventor e arquiteto. Ele é apaixonado por esse armário. Obra dele!


Sabe aquele dia que não tem nada em casa. E esqueci de passar no supermercado. O que fazer? Ataquei os frios. Peguei um pedacinho de salaminho, (salame italiano) e fiz uma massa com muita pimenta; 

  • 50 gramas de salaminho picado;
  • cebola picada;
  • óleo;
  • sal a gosto;
  • 100 g creme de leite;
  • 1/2 pacote de massa;
  • pimenta para decorar;
  • queijo ralado;
  • tempero verde;
Faça um refogado com óleo, cebola e  o salaminho. Frite bem. E vai adicionando água até formar um molho grosso. Por fim coloque creme de leite, requeijão ou nata. Mas antes disse coloque a cozinhar  amassa. Pois demora a cozinhar. Quando tudo tiver pronto misture e polvilhe tempero verde e queijo ralado. Decorei com as pimentas da floreira da janela. A Mia insiste em dormir na floreira. haha Que gata arteira!



Até a próxima se deus quiser...
 Anajá Schmitz

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Bons fluidos

A coisa que mais gosto é de ficar em casa. Admirando as belas coisa que comprei ou os belos presentes que amigos queridos e familiares me deram. Tudo se harmoniza. Não sei como explicar mas de cada cantinho sai uma energia revigorante. Passamos tão pouco tempo em casa para aproveitar essas maravilhas que temos. Uma pena. Quando chego em casa depois de um dia estafante de trabalho com dores e irritada. Já tem um ritual para cura desses males! Primeiro é tomar um farto café com marido e filhos. Depois um banho terminando com um enxague do corpo feito com todos os chá que temos plantados em casa. E por fim, uma leitura virtual de algum livro bom, sem nada sangrento, acompanhado do tricô ou crochê. Assim são nossas noites por aqui...  



Até a próxima se deus quiser...
 Anajá Schmitz

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Costurando e lavando

Hoje o dia está parecendo conforme a estação. Com chuva e pouquinho frio. Em nossa região, o sul do país, sempre faz um tempo agradável. Esse ano em pleno outono temos tido dias muito quente. A natureza e o planeta estão confusos. O arvoredo frutífero está sentido o conflito da estação. As frutas estão caindo do pé ainda verde. Uma judiaria. Os temporais são assustadores. Porém o calor fora de época teve uma boa finalidade, já assolamos e lavamos as roupas do frio. 






Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz



quinta-feira, 14 de março de 2019

Um tour por Picada Café


Todo ano em meu aniversario saímos para passear em Gramado. Nesse ano fomos a um lugar diferente. Picada Café. Muito lindo! Encontramos esse lugar charmoso com casas antigas e um belo parque.












 





Alfredinho fez participação num filme, já está de olho no Kikito hahaha
Pra finalizar a noite, uma rodada de fondue, imperdível quando se vai a Gramado.

Até a próxima se deus quiser...
 Anajá Schmitz

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

O novo cidadão de Osório- RS



Quando nós namorávamos e residíamos em Porto Alegre, nossa alegria era vir para Osório visitar minha tia Teresa e o Tio do Edson, o Mike, ambos moradores da cidades de Osório. Sempre nos sentimos muito bem aqui. Até que um dia surgiu a oportunidade de vir morar nesta bela cidade. Nosso filhos se criaram e cresceram tendo Osório como sua cidade. Todos brincam que Osório é formada por filhos adotivos. hahah!!! Alfredo participa de vários conselhos municipais e privados, como o da OAB/RS e o CONSEPRO além de ser Rotariano e está sempre em atividades que representem melhorias sociais. Por conseguinte, homenagearam ele com o título de cidadão osoriense.  













Até a próxima se deus quiser...
 Anajá Schmitz